Livramento Diário

25/09/2016
19:00:56
Publicidade
Publicidade
Publicidade
23
set
L
foto: Divulgação

Teve início no dia 19 de setembro as campanhas contra Poliomielite e de Multivacinação no Município. A vacinação prossegue até o dia 30 e tem como público-alvo crianças menores de 5 anos. O Dia D acontece no dia 24.

No período da campanha os pais ou responsáveis devem levar os filhos às UBSs (Unidades Básica de Saúde) e USFs (Unidades de Saúde da Família) de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, munidos do documento de identificação da criança e da caderneta de vacinação.

A vacina contra a Poliomielite é destinada a crianças de 6 meses até menores de 5 anos e tem o intuito de assegurar a erradicação da paralisia infantil, enquanto a campanha de Multivacinação visa atualizar o calendário de vacina para garantir a interrupção da cadeia de transmissão das doenças evitáveis por vacinas.

Voltada para crianças desde o nascimento até menores de 5 anos, a campanha de Multivacinação oferta doses da BCG (tuberculose), hepatite B, pentavalente (DTP/Hib/HB), rotavírus, pneumocócica 10-valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), DTP (difteria, tétano e coqueluche) e a própria poliomielite.

Publicado por: Dariston Cleber de Carvalho
22
set
L
Foto:Dáriston Cléber/Livramento Diário

Foi inaugurada em Livramento a EcoBike,nesta quinta-feira(22) às 18:00Hrs,com a presença de amigos, familiares e amantes do ciclismo.Investindo no conceito cada vez mais presente nas grandes cidades de uso de bicicleta como meio de transporte econômico e sustentável.A loja tem como objetivo oferecer em um único local tudo para este novo ciclista urbano, que usa a bike no dia-a-dia como meio de transporte, seja para trabalhar ou passear na cidade e ainda nos fins de semana para praticar mountain bike, a EcoBike fica localizada na Avenida Dr.Nelson Leal, Centro,ao lado do Detran, faça uma visita e aproveite para fazer seu orçamento.


A Loja EcoBike, representa a união entre design,performance e inovação dentro da melhor relação custo\benefício. Todos os acessórios também foram escolhidos com o mesmo critérios.

Galeria
Publicado por: Dariston Cleber de Carvalho
13
set
L

Faltando pouco mais de dois meses para as provas, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 alcançou dois números recordes. A edição deste ano já é a campeã no valor arrecadado em inscrições e, ao mesmo tempo, deve ser a mais cara para os cofres do governo federal desde 2009, quando a prova teve seu  formato alterado.

 

De acordo com o Ministério da Educação, a previsão orçamentária para o Enem 2016 é de R$ 788.345.024, o maior valor absoluto autorizado a ser empregado em sua realização. Com as 8,732 milhões de inscrições, o MEC arrecadou R$ 136,2 milhões, maior valor da série. Segundo a estimativa do MEC, o custo médio por aluno, descontando os gastos e o valor arrecadado com inscrições, será de R$ 74,67 nessa edição.

 

O ministério informou que não era possível detalhar os custos por área, como impressão de provas, segurança e correção,  por exemplo. “O pagamento da correção só será realizado para o número de participantes que efetivamente realizarem a prova. Portanto, qualquer afirmação, neste momento, do gasto efetivo para o Enem 2016, não é exata”, informou o órgão, que na semana passada chegou a divulgar estimativa de custo total de R$ 828 milhões.

 

Nas últimas edições do Enem, a estimativa média de gastos ficava em torno de R$ 500 milhões. No ano de 2015, o então ministro da Educação Renato Janine Ribeiro disse que o valor médio de aplicação da prova por aluno era de R$ 52. Esse custo de R$ 52 foi verificado em 2012, já com o abatimento do valor arrecadado com as inscrições.

 

A atual gestão do ministério acredita que, apesar de ter a maior previsão de gastos de todos os tempos, será possível reduzir a estimativa de custo por aluno. A edição do Enem 2016 registrou o segundo maior total de alunos inscritos. “Mesmo a dotação orçamentária de 2016 sendo maior que a do ano anterior, em virtude do aumento do número de inscrições, cerca de 1 milhão a mais e implantação de novos recursos de segurança, temos uma diminuição no valor per capita para o Enem 2016”, afirma o Ministério.

Publicado por: Dariston Cleber de Carvalho
12
set
L
Foto:Divulgaçâo

Dona de ONG revela como funcionava esquema que irrigou o caixa eleitoral do partido e beneficiou um senador, dois deputados federais, o atual candidato a governador e um ex-ministro do governo Dilma.

 

Desde 2010, o Ministério Público investiga o Instituto Brasil, uma ONG criada pelos petistas da Bahia. Em 2008, a entidade foi escolhida pelo governo do estado para construir 1 120 casas populares destinadas a famílias de baixa renda. Os recursos, 17,9 milhões de reais, saíram do Fundo de Combate à Pobreza. Os investigadores já tinham reunido provas de que parte do dinheiro desaparecera, mas não havia nada além de suspeitas sobre o destino final dele. O mistério pode estar perto do fim. Em entrevista a VEJA, a presidente do instituto, Dalva Sele Paiva, revela que a entidade foi criada para ajudar a financiar o caixa eleitoral do PT na Bahia, um esquema que funcionou por quase uma década com dinheiro desviado de “projetos sociais” das administrações petistas. A engrenagem chegou a movimentar, segundo ela, 50 milhões de reais desde 2004. O golpe era sempre o mesmo: o Instituto Brasil recebia os recursos, simulava a prestação do serviço e carreava o dinheiro para os candidatos do partido. Como os convênios eram assinados com as administrações petistas, cabia aos próprios petistas a tarefa de fiscalizar. Assim, se o acordo pagava pela construção de 1 000 casas, por exemplo, o instituto erguia apenas 100. O dinheiro que sobrava era rateado entre os políticos do partido.



Publicado por: Dariston Cleber de Carvalho
09
set
L
Foto:Divulgaçâo

Lucas Pires Silva, natural de Livramento de Nossa Senhora foi preso,acusado de estrupos em serie.

Lucas Pires Silva, natural de Livramento de Nossa Senhora foi preso na nesta quinta-feira (08), na zona oeste no estado de São Paulo. Segundo informações, Lucas é acusado de praticar vários estupros no distrito de Butantã na capital paulista.


Lucas é casado, pai de dois filhos e trabalhava num restaurante em Pinheiros. O caso ficou conhecido logo após uma das vítimas do agressor, a jovem identificada como Luana S., de 25 anos, procurar as câmeras de segurança que registraram Lucas agindo contra a mesma. Com as imagens em mãos, ela divulgou o próprio ataque nas redes sociais, foi o que possibilitou a identificação e a prisão do livramentense o “Maníaco da Jaqueta de Couro”. Um investigador do 51º DP contou que uma internauta reconheceu o agressor nas imagens que a vítima publicou no Facebook.

Ao localizarem o homem, o advogado dele já havia preparado tudo para que o cliente se entregasse às autoridades. Além de Luana, outras duas vítimas, incluindo uma menina de apenas 13 anos, também reconheceram o agressor. O pai da garota de 13 anos era, inclusive, um amigo de Lucas.

segundo informações, no dia em que abusou da menor, o criminoso ainda foi tomar cerveja com o pai da vítima, que nem desconfiava do criminoso. Na rede social, Luana S. comemorou o resultado de todo o esforço.

“Graças aos compartilhamentos, a toda a investigação que eu e meu marido fizemos por conta e depois tivemos o apoio policial, graças ao trabalho de todos os investigadores e delegados que me contataram nessa semana, o suspeito foi preso e reconhecido”, escreveu. “Denunciem! Não podemos deixar casos como esse impune!”.

Informações obtidas pela reportagem do Cidade Alerta.


Publicado por: Dariston Cleber de Carvalho